Auxiliar Administrativo

26/05/2019

Auxiliar administrativo é um dos cargos mais vistos em anúncios de emprego. Chegou a hora de descobrir o que faz esse profissional e como ingressar na carreira!

Ter um bom auxiliar administrativo é fundamental para empresas e escritórios. Por dar apoio a vários setores, esse profissional é um dos responsáveis pelo bom funcionamento de toda a engrenagem empresarial.

O cargo costuma exigir formação de nível médio, mas o auxiliar administrativo pode ir além e fazer um curso superior, que pode do tipo tecnológico ou bacharelado. Assim, sua valorização aumenta – e o salário também.

Vamos contar a seguir tudo o que um auxiliar administrativo faz e desvendar o dia a dia da profissão. Também vamos dar dicas de estudos para quem tem interesse em ingressar nessa área com o pé direito!

O que faz um Auxiliar Administrativo?

O que faz um Auxiliar Administrativo?
O que faz um Auxiliar Administrativo?

O auxiliar administrativo, como o próprio nome diz, tem a função de dar apoio à administração de uma empresa em suas tarefas diárias. Ele pode trabalhar em organizações dos mais variados portes e segmentos, geralmente dando suporte a mais de um setor interno, como, por exemplo: compras, pessoal, logística, estoque, financeiro, marketing, etc.

Por esse motivo – o de abarcar uma ampla gama de atividades diárias –, a função do auxiliar administrativo pode variar de acordo com o segmento da empresa onde ele trabalha. Mas é possível estabelecer algumas tarefas comuns a praticamente todos os profissionais dessa área:

  • Atendimento (telefone, email e WhatsApp);
  • Elaboração de agendas;
  • Encaminhamento interno de clientes e visistantes da empresa;
  • Estruturação e organização de arquivos de documentos;
  • Participação em reuniões de vários setores, semrpe que solicitado;
  • Preenchimento de formulários, planilhas e outros documentos;
  • Recebimento de fornecedores e encaminhamento dos materiais recebidos;
  • Redação e digitação de documentos e comunicados;
  • Serviços auxiliares de controle financeiro;

Como se pode deduzir, a rotina de um auxiliar administrativo não é nada monótona, pois ele está sempre mudando de atividade e indo de um lado a outro da empresa para atender aos diversos setores. Organização, aliás, é uma das maiores qualidades esperadas desse profissional. Afinal de contas, ele terá que administrar muito bem tudo o que lhe pedem para poder dar conta do recado de forma eficiente.

Um auxiliar administrativo pode também se especializar no apoio a uma determinada área da empresa. Por exemplo, se trabalhar lado a lado com o departamento financeiro, vai se encarregar de trabalhos mais específicos, como o lançamento de notas fiscais e ajuda nos balanços financeiros. Caso trabalhe no setor de pessoal, atuará em atividades como auxílio na administração das folhas de ponto, folhas de pagamento e de documentos relativos a férias, vales transporte e alimentação.

Trabalhar como auxiliar administrativo é, muitas vezes, a porta de entrada para alcançar cargos mais altos na empresa.

Quanto ganha um Auxiliar Administrativo?

Quanto ganha um Auxiliar Administrativo?
Quanto ganha um Auxiliar Administrativo?

A função de auxiliar administrativo não possui um salário mínimo profissional definido em todo o País. Em cada Estado, os profissionais dessa categoria podem firmar acordos e convenções coletivas por meio dos seus sindicatos para determinar o piso salarial, benefícios, pagamento de horas extras e condições de trabalho em geral. Seguem alguns exemplos:

O Sindicato dos Empregados em Processamento de Dados no Estado do Paraná define três faixas de piso salarial para auxiliares administrativos:

  • Auxiliar Administrativo I: R$ 984
  • Auxiliar Administrativo II: R$ 1.081
  • Auxiliar Administrativo III: R$1.395

De acordo com o Sindicato dos Empregados em Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional no Estado do Rio Grande do Sul, o piso salarial de auxiliares administrativos deve ser de R$ 866 para 220 horas de dedicação mensal.

No estado do Rio de Janeiro, onde os auxiliares administrativos não contam com um acordo coletivo, existe a Lei RJ 6.702/2014, que fixa um piso salarial de R$ 988 para a categoria válida em todo o estado.

Média salarial do auxiliar administrativo

Os salários para auxiliares administrativos variam bastante de acordo com a região do Brasil, o porte da empresa, o setor da economia e a qualificação do profissional.

De acordo com o levantamento salarial do SINE (Site Nacional de Empregos), um auxiliar administrativo  ganha entre R$ 834 e R$ 2.101, com média de R$ 1.325. Já um auxiliar de escritório, segundo a mesma pesquisa, ganha em média R$ 1.225 mensais.

O site de empregos Catho divulga um levantamento salarial com dados de todo o Brasil. Para assistente administrativo e cargos relacionados, a média salarial fica em torno de R$ 1.500. Confira o salário médio do auxiliar administrativo e outras funções correlatas segundo o site:

  • Auxiliar administrativo: R$ 1.172
  • Assistente administrativo: R$ R$ 1.505
  • Assistente administrativo de manutenção: R$ R$ 1.713
  • Auxiliar de arquivo: R$ 1.004
  • Auxiliar de almoxarifado: R$ 1.183
  • Auxiliar de estoque: R$ 1.038
  • Auxiliar de expedição: R$ 1.164
  • Auxiliar de departamento pessoal: R$ 1.257
  • Auxiliar de faturamento: R$ 1.273
  • Auxiliar contábil: R$ 1.306
  • Auxiliar de seguros: R$ 1.136

Sobre a carreira do auxiliar administrativo

A função de auxiliar administrativo não exige formação de nível superior, embora estudantes do bacharelado em administração possam começar sua vida profissional nas empresas como auxiliares administrativos. A maior parte das empresas exige que o candidato a auxiliar administrativo tenha completado pelo menos o ensino médio e ter feito cursos ligados à administração aumenta consideravelmente a chance de conseguir um emprego na área.

Uma das possibilidades de formação para atuar como auxiliar administrativo é fazer o curso Técnico em Administração. De acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos, publicação elaborada pelo MEC, esse curso precisa ter pelo menos 800 horas de duração. Ao terminar o curso, o profissional estará apto a:

  • Lidar com documentos administrativos e controle de estoques (arquivo, protocolo, elaboração e expedição)
  • Operar sistemas de informações gerenciais
  • Utilizar ferramentas da informática para auxiliar operações da organização

O campo de trabalho para o auxiliar administrativo é amplo. Empresas de todos os setores da economia, desde as pequenas e médias até as de grande porte, precisam ter um auxiliar administrativo entre os seus funcionários.  Essa é uma função que pode ser exercida em empresas privadas, órgãos públicos, associações e organizações não governamentais (ONGs). Escritórios, escolas, hospitais, indústria, comércio, serviço, órgãos públicos federais, estaduais e municipais, só para citar alguns, são exemplos de empresas onde o auxiliar administrativo pode trabalhar.

Entre as atividades realizadas por um auxiliar administrativo, podemos citar:

  • Enviar e receber documentos
  • Controlar entrada e saída de correspondências
  • Atender ligações telefônicas
  • Manter atualizada a agenda de contatos da empresa
  • Operar programas e equipamentos necessários ao funcionamento do escritório
  • Recepcionar o público em geral
  • Agendar atividades internas e externas
  • Elaborar relatórios
  • Manter o espaço de trabalho organizado e funcional
  • Realizar tarefas e rotinas administrativas em geral

Para aumentar ainda mais a empregabilidade e o nível salarial, o auxiliar administrativo pode fazer um curso superior de Tecnólogo na área de Gestão e Negócios, ou mesmo um bacharelado em Administração.

Como se tornar um Auxiliar Administrativo?

Como se tornar um Auxiliar Administrativo?
Como se tornar um Auxiliar Administrativo?

Os requisitos mínimos que costumam aparecer em anúncios de vaga para auxiliar administrativo são: ensino médio completo e cursos de informática. Mas é importante saber que, apesar do bom número de ofertas de trabalho para auxiliar administrativo, a procura também é grande. Isso significa que há muita concorrência para cada vaga. E aí, acaba se destacando quem oferece algo além dos requisitos básicos.

Muitos candidatos ao posto podem ter, por exemplo, um curso técnico ou profissionalizante. Alguns podem inclusive estar cursando – ou até mesmo já terem concluído! – uma faculdade na área. Esses, é claro, terão muito mais chance de conseguir a vaga. Outros conhecimentos desejáveis são:

  • Bom uso da língua portuguesa (escrita e falada);
  • Digitação rápida e correta;
  • Inglês, espanhol e outros idiomas;
  • Informática em níveis avançados (saber trabalhar com planilhas é muito valorizado);

Vamos ver então algumas informações sobre estudos além do ensino médio, para que você conheça possibilidades de adquirir mais conhecimento e melhorar o seu currículo. Existem os cursos técnicos e tecnológicos. Entenda a diferença:

    null
  • Técnico: para estudantes que tenham concluído o ensino médio. Alguns têm duração bem curta, de um ano ou menos. Confere um certificado de nível médio.
  • Tecnológico: dura em média dois anos e confere diploma de nível superior.

Entre os cursos tecnológicos, existem algumas opções que se encaixam bem na profissão de auxiliar administrativo. Conheça alguns exemplos:

  • Gestão Financeira;
  • Gestão de Recursos Humanos;
  • Logística;
  • Processos Gerenciais;
  • Secretariado;

Dependendo do curso e da instituição, eles são oferecidos na modalidade presencial ou a distância.

Outra opção de curso superior para quem quer iniciar a carreira como auxiliar administrativo é o bacharelado em Administração, com duração média de quatro anos. Os estudos são mais aprofundados e a grade curricular é mais ampla do que a dos cursos de tecnólogo. Aqui, o estudante é apresentado a praticamente todos os departamentos de uma empresa (Finanças, RH, Planejamento Estratégico, Logística, Marketing, etc.) e pode, depois de formado, direcionar sua carreira para qualquer uma dessas áreas.

Como é o mercado de trabalho para um Auxiliar Administrativo?

Como é o mercado de trabalho para um Auxiliar Administrativo?
Como é o mercado de trabalho para um Auxiliar Administrativo?

Como já sabemos, o auxiliar administrativo é um dos profissionais mais buscados do mercado. Basta dar uma olhada nas páginas de empregos para comprovar.

Por ser uma profissão versátil, vários setores de uma empresa podem necessitar de um auxiliar administrativo. Empresas grandes, inclusive, costumam ter vários auxiliares administrativos contratados – em uma busca rápida no site da Catho, especializado em empregos, apareceram mais de 4.500 vagas disponíveis.

Quando falamos a palavra empresa, geralmente nos vem à cabeça uma grande fábrica ou corporação. Mas o auxiliar administrativo pode trabalhar, por exemplo, em escolas, hotéis, restaurantes, hospitais, lojas, restaurantes, shopping centers, academias de ginástica, salões de beleza e uma infinidade de outros estabelecimentos de comércio ou serviços.

Ver todas as vagas